BANNER SEDU

 

Alunos participam de bate papo sobre obras de macrodrenagem em VV

A Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) realizou, nesta terça-feira (28), um bate-papo com os alunos do Ensino Médio da Unidade Escolar Sesi Cobilândia, vinculada à Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), no município de Vila Velha. Entre os assuntos apresentados, estiveram a importância das obras de macrodrenagem, as ações desempenhadas pela Sedurb e como funciona o orçamento estadual para realização das obras.

O encontro contou com a participação do secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, e da subsecretária de Estado de Saneamento e Programas Urbanos, Zilma Peterli Lyra.

Foi desenvolvida uma abordagem prática e descontraída sobre o contexto e importância das obras de macrodrenagem realizadas pelo Governo do Estado. “Tenho certeza que todos que participaram terão uma visão diferente das obras que beneficiam diretamente suas famílias, vejo muito futuro e potencial na nossa juventude e acredito que esta oportunidade irá auxiliar no crescimento deles, também quero agradecer à Findes e aos alunos do Ensino Médio da Unidade Escolar Sesi Cobilândia”, declarou Marcus Vicente.

Ao todo, são nove municípios atendidos: Vila Velha, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, São Mateus, Viana, Piúma e Serra. São mais de R$ 600 milhões de investimento realizado pelo Governo do Estado, por meio da Sedurb, para minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas.

A subsecretária de Estado de Saneamento e Programas Urbanos, Zilma Peterli Lyra, destacou a importância do encontro. “É extremamente gratificante compartilhar informações sobre as obras de drenagem da Grande Cobilândia com alunos que são diretamente impactados pelos alagamentos na região”, afirmou.

As obras de macrodrenagem podem incluir a construção de canalizações subterrâneas, galerias de águas pluviais, diques, reservatórios, entre outras estruturas. Essas obras são planejadas levando em consideração o clima da região, o tipo de solo e a topografia, a fim de maximizar a eficácia e a durabilidade do sistema de drenagem.

“O investimento em obras de macrodrenagem é uma iniciativa importante para prevenir enchentes e inundações em áreas urbanas. Essas obras são projetadas para gerenciar o escoamento de águas pluviais em grandes volumes, evitando que a água se acumule em ruas e casas”, pontuou o secretário.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *