Casagrande anuncia recursos para obras em escolas e novos investimentos em Marilândia

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, na manhã desta segunda-feira (13), em Marilândia, na microrregião Centro-Oeste, para anunciar mais de R$ 12,5 milhões em repasses para a educação do município. Ao todo, nove unidades escolares vão receber obras com recursos do Fundo Estadual de Apoio à Ampliação e Melhoria das Condições de Oferta da Educação Infantil no Espírito Santo (Funpaes). Na oportunidade, Casagrande também anunciou mais R$ 10 milhões em novos investimentos em outras áreas, como infraestrutura, habitação e assistência social.

“Esse é o maior investimento que o município recebe de uma vez só, mas não são os únicos que estão sendo feitos aqui. Quero olhar para trás um dia e ver que pude mudar a vida dos moradores de Marilândia. Quando estou governando, os recursos chegam aos municípios. Além disso, investir na educação é gerar oportunidades aos capixabas para que tenhamos um Estado mais justo e menos desigual. Vamos seguir também investindo em obras estruturantes para fomentar o desenvolvimento dos municípios e realizar os sonhos dos capixabas”, afirmou o governador Casagrande.

O prefeito de Marilândia, Gutim Astori, destacou a parceria do Governo do Estado com o município. “Estamos recebendo um investimento histórico para o nosso município. São investimentos fortes para educação, infraestrutura e habitação, em parceria com o Governo do Estado. Assim estamos fazendo história aqui em Marilândia”, ressaltou.

Durante a solenidade, o governador Renato Casagrande anunciou o repasse de recursos do Funpaes para construção da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) São Marcos e da Creche Municipal Ângelo Bravin. Também será construída uma quadra no loteamento Mauro Bravim e reformadas as quadras de São Pedro e Patrão-Mor.

Outras sete unidades escolares de Marilândia vão receber obras de reforma: Escola Municipal Unidocente de Ensino Fundamental (EMUEF) Marcelino Baptista; EMUEF Marcelino Baptista Santo Hilário; EMUEF São Pedro de Marilândia; Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Teresinha Simoni Bona Camatta; CMEI Dailton Magnago; Pré-Escola Nossa Senhora Auxiliadora; e Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) São Judas Tadeu.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, lembrou que o Espírito Santo foi o estado que mais investiu na área durante a pandemia. “Estamos fazendo grandes investimentos em todas as áreas, mas a educação tem uma atenção especial, já que tem um fundo dedicado especificamente para isso: o Funpaes. Somado a isso, temos um governador que prioriza muito a educação. Só aqui são mais de R$ 12 milhões, a exemplo do que tem ocorrido em todos os municípios capixabas”, disse.

Marilândia vai receber ainda obras de pavimentação e drenagem de diversas ruas, além da construção de unidades habitacionais de interesse social. O investimento total do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), é de R$ 3,4 milhões.

As obras de infraestrutura serão realizadas nas ruas Abraão Morosini e Antônio Claudionor Fusato, no bairro Bela Vista, que passarão a contar pavimentação, drenagem, calçada cidadã e sinalização. Já as obras de habitação serão realizadas mediante convênio que prevê a construção de 30 unidades habitacionais de interesse social no bairro São Marcos.

“As obras de drenagem, pavimentação e calçada cidadã nas ruas do bairro Bela Vista reúnem melhoria na qualidade de vida da população e mais mobilidade e acessibilidade de veículos e pedestres, contribuindo para o desenvolvimento urbano e socioeconômico da região”, afirmou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Octavio Guimarães.

Ainda durante a agenda oficial, foram assinadas as Ordens de Fornecimento para as obras de Calçamento Rural nas comunidades Liberdade, Sapucaia, Távora e São Marcos e também de um galpão rural para o município. Na oportunidade, foi realizada a entrega das obras do Programa nas comunidades de Alto Liberdade (Pedra do Cruzeiro), Bonisenha, Bravin, Monte Sinai, Pastinho, Patrão-Mor, Santa Cecília e São Roque (Paixão) e também do calçamento rural do trecho que dá acesso à Fazenda Experimental do Incaper de Marilândia.  O total dos investimentos passa de R$ 2,3 milhões.

“O Governo do Estado não mede esforços quando o assunto é investir na agricultura familiar capixaba. Marilândia tem uma agricultura forte que merece ser valorizada. A chegada dos calçamentos vai proporcionar mais qualidade de vida para essas comunidades, além de fomentar o turismo na região”, disse o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Mario Louzada.

Por meio do Fundo Cidades, o Governo do Estado vai transferir R$ 1,02 milhão para o Fundo Municipal de Investimentos de Marilândia. Os recursos serão aplicados na elaboração da carteira de projetos técnicos estruturantes, construção de casas populares e também para elaboração de projetos elétricos para melhorias no município. “A elaboração dessa carteira de projetos é muito importante para que os municípios estejam mais aptos a pleitear recursos, não apenas do Governo do Estado, mas também da União e de demais fontes”, explicou a secretária de Estado de Economia e Planejamento, Maria Emanuela Pedroso.

A proteção social também foi destaque durante a solenidade. Foi anunciado o repasse de R$ 835 mil para construção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que será construído no Centro da cidade. Além disso, o Governo do Estado formalizou o repasse de recursos financeiros para o projeto Compra Direta de Alimentos (CDA).

Os municípios adesos ao CDA recebem recursos estaduais para que possam investir na aquisição de alimentos diretamente da agricultura familiar e na doação desses itens para a rede socioassistencial do território. Em Marilândia, os investimentos representam o total de R$ 162,5 mil e beneficiarão 25 agricultores. Os alimentos adquiridos pela prefeitura serão doados às famílias acompanhadas pelo Creas e pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município.

“Nosso governo está ciente e sensível aos impactos da grave crise social e econômica em que se encontra nosso País. É por isso que nossos investimentos na área da proteção social foram ampliados e reforçados. Mesmo diante a significativa diminuição de recursos federais para a assistência, o Governo do Estado não recuou de seu compromisso com a população capixaba”, pontuou a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo.

Também estiveram presentes na agenda, o secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata; a senadora Rose de Freitas; o deputado federal Paulo Foletto; os deputados estaduais Dary Pagung, Renzo Vasconcelos e Raquel Lessa; além de moradores e lideranças da região.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.