BANNER BANESTES

 

Casagrande inaugura ponte e entrega obras em Alfredo Chaves

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, na manhã desta quinta-feira (13), no município de Alfredo Chaves, na macrorregião sul, para a entrega das obras de reconstrução da infraestrutura local, atingida pelas fortes chuvas do início de 2020. Entre as obras inauguradas está a Ponte Sagrada Família, a principal da cidade. Casagrande visitou obras concluídas de outras pontes e contenção de encostas, além de dar Ordem de Serviço para a construção de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI).

O município de Alfredo Chaves foi uma das 22 cidades capixabas afetadas pelas fortes chuvas, que provocaram a decretação de calamidade pública no início de 2020. Desde aquele momento, o Governo do Estado se mobilizou para recuperar a infraestrutura dos municípios e dar suporte aos cidadãos. Foram investidos cerca de R$ 18 milhões somente nas obras de recuperação de Alfredo Chaves.

“São muitas boas notícias para o município de Alfredo Chaves. Acho muito importante e gosto de construir pontes. Estamos inaugurando essa ponte de ligação ao Centro da Cidade e mais oito pontes rurais, além de obras estruturantes em encostas. Temos outras duas pontes em construção no distrito de Ibitiruí e mais a ordem de serviço para construção da creche. A entrega da Ponte Sagrada Família é simbólica, pois estivemos aqui assim que ela foi levada pelas águas. Vi a cidade literalmente destruída e agora estamos reconstruindo em parceria com a prefeitura. Essa região foi muito castigada, mas está recebendo os investimentos que merece”, declarou o governador Casagrande.

A Ponte Sagrada Família tem extensão de 62 metros, mão dupla e duas passarelas exclusivas para pedestres. Uma das novidades é o conceito de acesso aos cadeirantes na nova ponte, trazendo mais conforto e mobilidade às pessoas com deficiência. Além desta, outras 19 pontes foram reconstruídas em estradas vicinais e em acessos de distritos, que também contam com muros de contenção em gabião, proporcionando segurança aos transeuntes.

Também foram executados serviços de estabilização e contenção de taludes com cortina atirantada e instalação de telas metálicas, além de serviços complementares nas Rodovias ES-146 e ES-383, também afetadas pelas chuvas.

O diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Luiz César Maretto, destacou a importância das obras para a região.

“O trabalho feito em Alfredo Chaves foi fundamental para a população. A chuva literalmente destruiu a cidade. Construímos vinte pontes e várias obras de contenção em encostas para garantir a segurança e mobilidade de moradores, turistas, comerciantes e caminhoneiros. Vamos continuar fazendo investimentos e trazendo mais conforto e qualidade de vida a este importante município. A equipe do DER está de parabéns pelo excelente trabalho e agilidade na execução das soluções para o povo alfredense”, afirmou Maretto.

Já a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), por meio do Programa Ponte Rural, fez a entrega simbólica de oito pontes no município, com investimento superior a R$ 400 mil.

“A infraestrutura rural é um dos focos do trabalho da Seag. As pontes são fundamentais para que os trabalhadores consigam escoar os seus produtos com mais rapidez e segurança. Em 2020, as chuvas destruíram grande parte das pontes, impedindo o tráfego no município. Se não dermos condições, toda a produção fica prejudicada”, pontuou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, explicou que o Programa Ponte Rural tem como objetivo a substituição das antigas pontes de madeira pelas de concreto, garantindo maior durabilidade e segurança aos moradores das zonas rurais do Espírito Santo. “A Secretaria fornece as vigas e as prefeituras ficam responsáveis pela instalação das chamadas ‘cabeças’ de ponte nos locais. É uma parceria fundamental para dar condições da realização do trabalho de desenvolvimento nos municípios”, ressaltou.

O prefeito do município, Fernando Lafayette, fez um agradecimento ao Governo do Estado por todo o apoio no trabalho de reconstrução da infraestrutura local. “Alfredo Chaves quase saiu do mapa de tanta água que caiu. Mas com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura e do DER-ES, temos uma cidade bonita e organizada novamente. Queria parabenizar o governador também pela condução da pandemia, pois alguns o criticam, mas o senhor está defendendo a vida e lutando para que não falte atendimento a nenhum capixaba”, relatou.

Investimentos na Educação

Durante a agenda em Alfredo Chaves, o governador Renato Casagrande autorizou o início das obras de construção do CMEI José de Anchieta, com investimento de R$ 3.440.801,81 repassados pelo Estado ao Município. A obra permitirá a ampliação de 97 vagas, totalizando o atendimento de 300 crianças de 0 a 5 anos. Casagrande e o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, também visitaram as obras da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Engano e a Pré-Escola Pequeno Polegar.

O CMEI José de Anchieta funcionava em um prédio alugado. As fortes chuvas do início de 2020 acarretaram danos estruturais e perdas de equipamentos, sendo que, a partir disso, o local foi interditado. Os alunos foram distribuídos entre uma casa alugada e nas demais unidades escolares do município. A nova unidade será construída em área livre de alagamentos, sendo Alfredo Chaves a primeira cidade a ser atendida pelo edital voltado aos municípios atingidos pelas chuvas.

Entre as principais intervenções/melhorias estão a construção de oito salas de aula, sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), sala de artes, sala de atividades, sanitários infantil feminino e masculino, sanitários para portadores de necessidades especiais, refeitório, pátio descoberto, sanitário para funcionários e banheiros administrativos, lavanderia, área de serviço, depósito de material de limpeza, cozinha, despensa, recepção, sala de professores, secretaria, diretoria, almoxarifado e depósito.

Estiveram presentes na agenda, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; além dos prefeitos da região: Fabrício Petri (Anchieta), Paulo Cola (Piúma), Elieser Rabello (Vargem Alta); o secretário-chefe da Casa Militar, Coronel Aguiar; o deputado estadual Bruno Lamas; vereadores; secretários municipais; e demais lideranças da região.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *