BANNER DETRAN

 

Dia Nacional do Turismo é celebrado com ações de incentivo no Espírito Santo

Nesta quarta-feira (08), o Brasil celebra o Dia Nacional do Turismo, uma ocasião para reconhecer a importância vital desse setor para o crescimento econômico e social do País. No Espírito Santo, o turismo desempenha um papel significativo, gerando empregos, estimulando negócios e impulsionando o desenvolvimento em diversas regiões.

De acordo com o Boletim Economia do Turismo, realizado pela Secretaria do Turismo (Setur), em parceria com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), o turismo no Espírito Santo foi responsável por cerca de 196 mil empregos no quarto trimestre de 2023. Esses números não apenas representam uma fonte crucial de renda para inúmeras famílias, mas também oferecem oportunidades de crescimento profissional e pessoal.

Os setores de Alimentação e Transporte se destacam como os maiores empregadores, com um total combinado de, aproximadamente, 168 mil pessoas, representando quase 86% dos trabalhadores no setor. Em relação à informalidade do trabalho, cerca de 37,2% dos empregados nas atividades turísticas estão em ocupações informais, enquanto 62,8% estão em empregos formais.

Com um rendimento médio real habitual de R$ 2.632,81 no quarto trimestre de 2023, os trabalhadores do setor contribuíram bastante para a massa salarial do Estado, totalizando R$ 503,66 milhões. Além disso, as atividades turísticas geraram 560 novos empregos com carteira assinada nesse período, de acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego. 

Impactos positivos para o setor 

Além disso, o turismo tem impactos positivos em outras áreas, como comércio, gastronomia e cultura. A Setur investe em qualificação profissional e melhoria da infraestrutura turística para garantir a excelência dos serviços oferecidos. Em 2023, foram 1.755 vagas ofertadas em 125 turmas de qualificação. 

O Espírito Santo oferece uma variedade de opções turísticas, desde o turismo religioso até o ecoturismo e o turismo de aventura. Destinos como Vitória, Vila Velha, Guarapari, Domingos Martins, Itaúnas e Santa Teresa são alguns dos mais procurados, devido às belezas naturais, patrimônio histórico e rica cultura local. 

O secretário de Estado do Turismo, Philipe Lemos, enfatizou a importância do setor para a economia local. “É fundamental reconhecer o papel desse setor para o desenvolvimento econômico e social do Espírito Santo. Com investimentos contínuos e esforços para atrair cada vez mais visitantes, nosso Estado está preparado para oferecer experiências únicas e consolidar-se como um destino turístico de excelência”, destacou.

Projetos futuros

A Setur, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) e a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), está inovando com o lançamento do Projeto Conecta Turismo. Este projeto visa à criação de um Sistema de Informações Turísticas robusto, que promete fornecer novos indicadores para embasar políticas públicas e impulsionar empreendedores do setor.

Essa ferramenta não apenas facilitará o acesso às informações relevantes para os gestores públicos, mas também servirá como recurso para os empresários do ramo, permitindo-lhes tomar decisões estratégicas mais fundamentadas.

Outro projeto da Setur é colocar o Espírito Santo de volta à rota dos cruzeiros marítimos. Após a conclusão dos estudos, os planos estão agora sob análise da Capitania dos Portos, marcando a primeira etapa rumo à viabilização das paradas de navios de cruzeiro em Vitória. Essa movimentação representa um marco significativo para o turismo no Estado, impulsionando diversos setores econômicos, desde o comércio até o setor de serviços.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *