BANNER BANESTES

 

ES realiza mais de 9 mil atendimentos a pessoas com problemas decorrentes do álcool e outras drogas na pandemia

O Centro de Acolhimento e Atenção Integral sobre Drogas (CAAD) atendeu 2.370 cidadãos e realizou 9.299 atendimentos de março de 2020 até o dia 30 de abril de 2021, período em que o Estado do Espírito Santo enfrenta a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O local é a porta de entrada para o atendimento de pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas e seus familiares.

O CAAD é um serviço coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (SESD). Faz parte do Programa Estadual de Ações Integradas Sobre Drogas, a Rede Abraço, queé um programa do Governo do Estado que visa a promover o bem-estar e o cuidado a pessoas com problemas decorrentes do uso de drogas, seus familiares e comunidade em geral.

Cada pessoa que é acolhida no CAAD passa por, em média, quatro abordagens profissionais, sendo as mais comuns: enfermagem (para exames de infecções sexualmente transmissíveis), assistência social, psicólogo e médico clínico geral.

Casos excepcionais ainda podem passar por psiquiatra ou nutricionista. “O acolhimento é realizado por profissionais capacitados, os quais direcionam o atendimento e encaminham de acordo com as especificidades de cada caso. Além disso, as pessoas acolhidas no CAAD também podem ser encaminhadas para comunidades terapêuticas credenciadas junto ao Programa Rede Abraço, para a rede de saúde e socioassistencial, ou ainda podem ser inseridas em grupos de orientação, terapêuticos e grupos de famílias”, explicou o subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Carlos Lopes.

O subsecretário explicou também que no início da pandemia houve uma grande queda na procura pelo serviço. “Ficamos algumas semanas com o Centro fechado, como medida publicada em decreto, e quando reabrimos, iniciamos os atendimentos mediante agendamento, tomando todos os cuidados. Percebemos uma queda na procura. Era uma época em que as pessoas estavam receosas para sair de casa. Depois a procura foi aumentando novamente”, disse Carlos Lopes.

Em dezembro de 2020, o CAAD foi reinaugurado em sede mais moderna, eficiente e humanizada. Está localizado na Rua Treze de Maio, 47, no Centro de Vitória. Para agendar atendimento, basta ligar no 0800 028 1028.

Mais de 24 mil atendimentos

De 02 de janeiro de 2019 a 30 de abril de 2021, foram atendidos 5.451 cidadãos e cidadãs, o que representa um total de 24.733 atendimentos no CAAD neste período. A maior parte das pessoas atendidas são moradoras do município de Cariacica.

Fazendo um recorte de gênero, os homens são os que mais procuram o serviço, representando 63,25% dos cidadãos atendidos.

Na página do Observatório Capixaba de Informações Sobre Drogas (OCID), lançado em dezembro de 2020, é possível encontrar todos os dados relativos aos atendimentos: https://ocid.es.gov.br/painel-de-indicadores

Sobre o CAAD

No Centro de Acolhimento e Atenção Integral sobre Drogas são atendidas pessoas com necessidades de orientação ou tratamento em relação ao álcool e outras drogas, por meio de uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, assistentes sociais, psicólogos, nutricionista, técnico de enfermagem e monitor de dependência química.

As modalidades de atendimento oferecidas são:

  1. Acolhimento e avaliação multiprofissional;
  2. Orientações;
  3. Atendimento psicológico;
  4. Atendimento médico;
  5. Atendimento social;
  6. Orientação nutricional;
  7. Atendimento familiar;
  8. Grupo de Orientação;
  9. Grupos de Famílias;
  10. Grupos Terapêuticos;
  11. Encaminhamentos para a rede de saúde e socioassistencial;
  12. Encaminhamento para Comunidades Terapêuticas credenciadas junto ao Programa Rede Abraço.

Além das ações desenvolvidas no CAAD, são realizados encaminhamentos para:

  1. Pronto Atendimento (PA);
  2. Unidades Básicas de Saúde (UBS);
  3. Narcóticos Anônimos (NA);
  4. Alcóolicos Anônimos (AA);
  5. Hospitais;
  6. Centro de Atenção Psicossocial (CAPS);
  7. Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS);
  8. Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).
Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *