BANNER SEFAZ

 

Fim da ‘curva da morte’: governador anuncia projeto para rampa de escape na ES-164

O Governo do Estado vai contratar o projeto executivo para a construção de uma rampa de escape da Rodovia ES-164, no trecho entre Cachoeiro de Itapemirim e Vargem Alta, na altura da Serra do Soturno – região conhecida como “curva da morte”. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Renato Casagrande, durante audiência pública sobre a “Retomada Econômica e Geração de Emprego e Renda no Pós-pandemia na Região Sul capixaba”, realizada na noite dessa quinta-feira (23).

Durante o evento organizado pelo coordenador da bancada federal, Josias Da Vitória, o governador oficializou que o projeto da rampa de escape será contratado pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES). O aviso da licitação já foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (24). A obra é uma demanda antiga dos moradores dos municípios da região sul por se tratar de um local com curvas sinuosas.

“Estamos lançando o edital para contratar a empresa que fará o projeto executivo. Depois de contratar a empresa, que terá cinco meses para fazer todo o projeto de área de escape, vamos licitar a execução da obra. Não se trata de uma construção complexa, mas precisamos fazer um bom projeto para que possamos ter uma área de escape consistente e que salve vidas. Trata-se de uma área de muito risco, onde já perdemos muitas vidas. Essa é mais uma ação nossa para proteger a vida das pessoas”, afirmou Casagrande.

Esse tipo de solução vem sendo empregado recentemente no Brasil em vias com características semelhantes. Nos últimos anos, foram implantadas rampas de escape na região de serra da Via Anchieta, no Estado de São Paulo, e na Rodovia BR-376, no Estado do Paraná, na serra entre a capital Curitiba e o litoral catarinense. Estão sendo investidos R$ 338 mil na elaboração do projeto, que engloba a preparação das pesquisas, levantamentos, estudos e projeto de engenharia.

O diretor-presidente do DER-ES, Luiz César Maretto, comentou sobre a importância da obra. “Sabemos que é uma demanda e um desejo antigo da população e de quem trafega pelo local, por isso, estamos dando esse primeiro passo que é a elaboração do projeto para depois iniciar o processo de licitação da obra”, disse.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *