Governador Renato Casagrande participa de prévia da Operação Estado Presente em Vila Velha

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na noite desta sexta-feira (17), da prévia da Operação Estado Presente, realizada na área da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (Eames), no Parque da Prainha, em Vila Velha. No local se reuniram integrantes das forças da Segurança Pública capixaba, que posteriormente seguiram para bairros da região da Grande Santa Rita e São Torquato, com objetivo de realizar ações ostensivas.

O efetivo da operação, que também contou com apoio da aeronave do Núcleo de Operações em Transporte Aéreo (NOTAer), da Secretaria da Casa Militar, chegou a 170 agentes de segurança, além de 62 viaturas e um helicóptero. O foco da ação foi o aumento expressivo da ostensividade em Dom João Batista; Santa Rita; Primeiro de Maio; Cobi de Cima; São Torquato; Grande Santa Rita; Cavalieri; Zumbi dos Palmares; Ilha da Conceição; Cobi de Baixo; Alvorada; e Paul.

Casagrande esteve na prévia para realizar um agradecimento às forças de segurança pelos serviços prestados em 2021, nas 32 edições realizadas da Operação Estado Presente, que prega integração total entre as instituições. O prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo também participou do ato.

“Estamos fechando o ano e quero agradecer simbolicamente a todas as forças de segurança aqui representadas por vocês que farão parte dessa operação. Quero parabenizar pelo trabalho e os resultados alcançados neste ano até agora. Temos convicção que fecharemos esses três anos com o menor número de homicídios da história contabilizada do Estado. Sabemos que o trabalho de combate à criminalidade não é simples, mas estamos dando passos importantes”, pontuou o governador.

Casagrande prosseguiu: “Temos realizado investimentos fortes para enfrentar os grupos criminosos que são bem armados, têm conhecimento tecnológico e cada vez mais audácia por serem mais jovens. A segurança pública não é um tema simples, pois boa parte dos crimes são de proximidade. Um companheiro que tira a vida da companheira, um filho que tira a vida de um pai… Estamos vivendo um momento de intolerância. Essa integração entre as nossas forças de segurança se faz ainda mais necessária para a troca de informações.”

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou que a Operação Estado Presente foi algo idealizado pela Sesp com objetivo de atender aos preceitos de combate à violência e que vem atingindo resultados históricos.

“Estamos fechando 2021 com o segundo menor número de homicídios da série histórica de 25 anos. Uma redução de cerca de 4% a 5% que teremos esse ano no comparativo com 2020. Isso é resultado de todo o esforço dos nossos policiais, que se dedicaram diuturnamente com objetivo de proteger a população capixaba. E dentro do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, o governador Renato Casagrande sempre nos pediu essa integração. Com a Operação Estado Presente, a gente insere o município e as forças federais nesse contexto e aproxima as instituições”, destacou Ramalho.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.