CNH Social: Detran|ES divulga lista de suplentes com 489 selecionados

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulgou nesta quinta-feira (02), às 12h, a lista única de suplentes selecionados na 3ª fase do programa CNH Social 2021. Ao todo, 489 candidatos inscritos terão a oportunidade de obter a primeira habilitação, adicionar ou mudar a categoria após a desclassificação dos candidatos selecionados na primeira chamada que não respeitaram os prazos estabelecidos no processo de Habilitação. O objetivo é preencher o máximo de vagas e beneficiar mais cidadãos capixabas com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) gratuita.  

A lista de suplentes está disponível no site www.detran.es.gov.br. Os candidatos selecionados devem ficar atentos aos prazos do programa para abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação. A matrícula on-line já está disponível no site do Detran|ES, na aba ‘CNH Social’.   

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, reforça a importância da chamada de suplentes para dar mais efetividade ao programa. “A lista de suplentes foi incluída no programa CNH Social nesta gestão para dar oportunidade para mais candidatos. A procura pelo programa é grande e alguns selecionados na primeira lista acabam não respeitando os prazos do programa e não preenchendo as vagas. Então, nosso objetivo com a chamada de suplentes é contemplar o máximo de pessoas possível com essa oportunidade de ter uma habilitação, adicionar ou mudar sua categoria, o que é usado por muitos condutores como um diferencial no mercado de trabalho”, disse. 

Matrícula on-line

Os candidatos com o nome na lista de suplentes deverão obedecer aos prazos de abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação. O candidato que não respeitar os prazos estabelecidos pelo programa será desclassificado e perderá o benefício. 

O candidato com o nome na lista de suplentes divulgada terá o prazo de 15 dias, a partir da publicação da relação dos selecionados, nesta quinta-feira (02), para realizar a matrícula on-line no site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’, e ter acesso à informação de qual Centro de Formação de Condutor (CFC) deverá realizar a abertura do seu processo de habilitação, no Sistema RENACH, bem como os documentos necessários que deverá providenciar. 

Após matrícula on-line, o candidato terá 15 dias para procurar o CFC, presencialmente, e concluir a abertura do RENACH. Feito isso, o candidato terá mais 30 dias para fazer a coleta biométrica em uma unidade do Detran|ES. O serviço deve ser agendado pelo próprio candidato no site www.agendamento.es.gov.br ou no site www.facafacil.es.gov.br para os candidatos que optarem por realizar o procedimento no Faça Fácil de Cariacica. 

Após coletar a biometria, o candidato à categoria A ou B terá 30 dias para concluir os Exames Médico e Psicológico na clínica credenciada ao Detran|ES. 

Seleção

A 3ª fase do programa CNH Social 2021 atraiu 54.754 interessados em obter a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) ou para a adição de categoria A ou B.  

Desses, 2.500 candidatos foram selecionados de forma eletrônica, sem interferência humana, de acordo com os critérios do programa e com base nas informações fornecidas pelos próprios beneficiários no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), considerando a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Aqueles que não respeitaram os prazos do programa perderam o direito ao benefício e os candidatos suplentes, em ordem classificatória, foram chamados na lista de suplentes. 

Em 2021, o programa atraiu 59.064 candidatos para 3.000 vagas disponibilizadas na primeira fase e outros 57.456 inscritos para 2.500 vagas na segunda fase do programa. Neste ano, foram disponibilizadas 8 mil vagas para carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões em 2021. Relançado em 2019, em quatro anos da atual gestão, serão ofertadas 25 mil carteiras de motorista gratuitamente.

O programa CNH Social é uma iniciativa para que as pessoas de baixa renda no Estado possam ter acesso à carteira de habilitação e capacitação com vistas ao mercado de trabalho, além de serem sensibilizadas sobre a importância da proteção da vida no trânsito. 

Serviço 

Confira aqui a lista de suplentes da 3ª fase do programa CNH Social 2021. 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.